quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Só pode ser sorte...

Ano II - Edição 54/2007

E não é que os símios conseguiram o incrível? Primeiro: conseguiram não perder de novo. Empataram sem gols com o inoperante Figueirense, lá no melhor estado do Brasil, Santa Catarina, que separa o Rio Grande de tudo aquilo lá. Segundo: não caíram todas as posições que deveriam. Ainda estão na 14ª colocação do certame, a três pontos da zona de descenso. Terceiro: graças à pífia atuação do Paraná, que fez a proeza maior de perder para o América, último colocado da competição. São os resultados paralelos que mantêm o Sport Club do Aterro ainda afastado (bem pouco, é verdade) do rebaixamento. Mas chegarão lá! Devagarinho, estão se aproximando...

E a boa notícia? O Imortal Tricolor, apesar do tropeço em casa, frente ao Galo mineiro, diminui em um ponto a diferença para o líder e para o vice-líder, mesmo tendo caído para a quarta posição. Agora são 15 pontos para o topo e 3 para o segundo lugar. No final das contas, o empate em casa não foi uma tragédia total, embora pudesse elevar o Tricolor dos Pampas. Mas não tem problema. O que é nosso tá guardado, nos esperando.

Mas o que houve com o nosso time, hein? Diego Souza e Tcheco só fizeram número em campo, prejudicando o jogo da equipe. Pelo menos o Tcheco ainda tentou fazer alguma coisa, né? Já Anderson foi uma boa afirmação da equipe, hostilizando a relação da torcida (ou parte dela) com Hidalgo. Com sorte, ele nem volta ao time titular!

Já Diego Sebastian Saja, o guarda-metas tricolor, foi o verdadeiro herói da partida, ovacionado por todos, endeusado por alguns, ouviu seu nome ser bradado fortemente nas tribunas! Tudo graças a uma defesa, senão milagrosa, muito perto disso! Todos (eu, pelo menos) davam o gol como certo, quando Saja, do alto de toda sua frieza, desvia o chute do representante galináceo para longe da área tricolor. Mágico! Único! Sensacional! Sebastian Saja!

Gremista! No sábado, 18h10, direto do Palestra Itália, seguiremos nossa saga de enfrentar animais. Depois dos macacos e do galo, chegou a vez do porco. É o SE Palmeiras a próxima pedra no nosso caminho, em jogo de 6 pontos. É confronto direto pela permanência na Libertadores 2008. E o teu apoio será essencial para continuarmos a crescer na tabela e alcançar nosso objetivo! De casa, dos bares, de qualquer lugar, bota teu rádio no ouvido, liga a televisão, a internet, o que for, mas dá um jeito de acompanhar a Máquina Tricolor em mais uma incursão fora de seus pagos, em busca de mais 3 pontos!

E não esquece: acreditar sempre! Eu acredito.

Um comentário:

Mattos`Alem disse...

Pois é rapá, na verdade tivemos sorte, mas time vencedor tb tem que tê-la. E acredito que nosso time vai complicar o Palmeiras. Se bem que tenho que te dizer uma coisa, o nosso azul mudou (referencia a cor da camiseta tricolor) ou é impressão minha?