domingo, 23 de setembro de 2007

G-4

Ano II - Edição 52/2007

Novamente estamos naquele lugar que nos é de direito. O Imortal Tricolor, demonstrando mais uma vez sua imortalidade, ingressa, desta vez para ficar (espero), no grupo dos quatro primeiro colocados do certame nacional. No grupo dos que obtém classificação à Copa Libertadores de América 2008, a via natural ao nosso maior e permanente caminho, afinal, o mundial é o meu caminho!

E desta vez a vítima foi o Peixe, o bam-bam-bam Santos de Pelé, mas sem Pelé, lógico. Bem que vieram com alguma vontade, com algum ímpeto, com alguma tentativa de vencer-nos. Porém, começaram mal já na casamata... Quem estava por lá? Wanderlei Luxemburgo! Ou seja, antes da partida iniciar, a nossa pergunta era de quanto iríamos ganhar! Afinal, esse cara, em matéria de freguesia, só perde para o campeão-do-mundo-sem-fifa...

Mas foquemos no jogo. Até porque o que se viu foi um passeio do Imortal Tricolor por el verde césped de la cancha santista. O Santos todo poderoso só foi conseguir fazer alguma coisa já no final do primeiro tempo. E mesmo assim, o guarda-metas Saja só tocou na bola para reiniciar o jogo, em cobranças de tiro-de-meta. Mas mesmo assim, o tento tricolor não saia...

A etapa complementar começou diferente. Até mais ou menos três minutos, o Santos bem que tentou reagir. Mas foi só. O Tricolor dos Pampas impôs mais uma vez seu jogo e, através de uma cobrança de falta perfeita, Marcel anotou seu primeiro gol trajando o Manto Sagrado Tricolor.

É, amigos. A Máquina Tricolor está ficando imune a superstições, rezas para todos os Santos e mandingas vindas da várzea! Estamos jogando a vida em cada partida, rumo aos nossos objetivos. E parece que estamos mesmo em clima de Libertadores. A nossa Libertadores 2008 já começou! E com a ajuda da gente, dessa torcida maravilhosa, da Geral do Grêmio, com sua alma castellana, dos Borrachos de todos os setores, associada ao empenho que os jogadores já estão demonstrando, nos levará a mais uma final continental. E dessa vez não é para ser coadjuvante da festa alheia...

Falando em espectadores de festas alheias, o campeão-do-mundo-sem-fifa mostrou que é realmente um time muito bom. Tão bom que, mesmo vencendo a partida por 2x0 aos 42 minutos do segundo tempo, permite que o adversário se livre de qualquer humilhação. Permitiu, aos 42 minutos da etapa complementar, que o Clube Atlético Mineiro empatasse a partida. E por pouco que não deixa virar!

A sorte é que segue acompanhando este vil morador dos aterros do Guaíba. Apesar do resultado, ainda estão na zona da Sul-Americana. Pelo menos agora estão a 3 pontos do descenso... E Abel saberá como conduzi-los até lá, certo?

O Imortal, agora na 3ª colocação, continua a 16 pontos do líder da competição. E restam 33 em disputa. Alguns céticos podem achar que já acabou, que não temos mais chances. Outros, mais eufóricos e sonhadores, como eu, que acreditavam numa goleada de 4x0 há poucos meses, acham que ainda temos chance!

E enquanto existirem possibilidades matemáticas, eu estarei lá, acreditando e cantando pro meu tricolor, meu único amor! Dale, dale, tricolor!

3 comentários:

Puma Football disse...

Rafael

Muito boa idéia, mas se vc tiver todas as outras edições poderia incluí-las, o que tu acha?
Um Abração fera e eu acredito.

Renato.

Walber disse...

Caro amigo e entusiata tricolor,
Sou um assíduo leitor e divulgador de suas crônicas. Acredito que este será um centro de encontro de todos os tricolores que têm em suas veias um sangue azul e bravio.
Parabéns pela idéia que só fará aumentar o grupo de pessoas que compartilham do nosso credo. Pois torcer pelo Grêmio não é uma mania ou um fanatismo... é acima de tudo uma religião, cuja fé se professa a cada rodada... Pois no Grêmio eu acredito.

Anônimo disse...

Fala Rafael!!
Grande idéia essa do Blog.
Com o GRemio onde o GRemio Estiver....
EU acredito......
UM abração!!

Fabio Noronha